Interdições prejudicam cinco rodovias paulistas às vésperas do Carnaval

Cinco estradas estaduais paulistas estão com trechos totalmente interditados ao trânsito às vésperas do feriado de carnaval - período em que até 2 milhões de veículos devem deixar a capital, conforme estimativa da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Agência Estado |

As cinco estradas estaduais fechadas nos dois sentidos são as seguintes: SP-249 (Alfredo de Oliveira Carvalho), interditada desde o dia 4 no quilômetro 179, em Taguaí, por causa de uma queda de barreira; SP-304 (Geraldo de Barros), fechada no quilômetro 210, em São Pedro, pelo mesmo motivo, cujo trânsito será desviado para uma estrada de terra; SP-147 (Lázaro Cordeiro de Campos), no quilômetro 256, em Bofete, onde uma ponte caiu; SP-312 (Estradas dos Romeiros), no quilômetro 87, em Itu, tomada por queda de barreiras e árvores; e a SP-29, em Itapevi, Grande São Paulo, no acesso para a Rodovia Castelo Branco, onde as obras de reparo de um aterro que deslizou devem durar até 60 dias.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, além dos trechos bloqueados, há cerca de 96 pontos de 53 rodovias que apresentam interferências menores de tráfego, como erosões, solapamentos e desvios, por causa das fortes chuvas de janeiro.

Em duas das principais federais que passam por São Paulo - Via Dutra e Régis Bittencourt - os motoristas também deparam-se também com desvios por causa de interdições e obras. Além da Régis, em Barra do Turvo, há dificuldades no quilômetro 197 da Dutra, em Arujá, na Grande São Paulo. Não há previsão de reabertura desse trecho.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que as rodovias que dão acesso ao litoral norte, como a Mogi-Bertioga e a Osvaldo Cruz, muito castigadas pelas chuvas, estão passando por obras, mas não há grandes interferências no trânsito.

O motorista deve prestar atenção, no entanto, nos desvios para pistas auxiliares. Na Mogi-Bertioga, um deles está localizado no quilômetro 88 e outro, no quilômetro 89. Na Osvaldo Cruz, no quilômetro 54,5 e no quilômetro 51,6, sendo que essa estrada ainda tem pelo menos mais oito problemas de erosão e solapamentos na região de São Luiz do Paraitinga. A Rodovia dos Tamoios já foi reparada.

A Polícia Rodoviária Estadual prepara um esquema especial a partir de sexta-feira para a descida dos motoristas ao litoral. Segundo o tenente Luciano Tirelli, 250 policiais em 78 viaturas farão o policiamento na região. Equipes vão ficar de plantão, por exemplo, no quilômetro 18 e no quilômetro 28 da Rodovia dos Tamoios, onde os congestionamentos são comuns, para evitar roubos a motoristas. "Vamos ter blitze com bafômetros ao longo das estradas", acrescenta ele.

Leia mais sobre: estradas

    Leia tudo sobre: estradasinterdição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG