Intenso, quarto dia da SPFW tem até ato voluntário

A marca carioca OEstudio aproveitou os holofotes da São Paulo Fashion Week para fazer campanha pela doação de sangue. De acordo com a equipe de criadores, no começo do ano, o Hemorio, centro hematológico do Rio de Janeiro, pediu ajuda aos estilistas.

Agência Estado |

A coleção "Eu Te Hemo" teve como base o vermelho. Comparado ao inverno, foram vistas pouquíssimas roupas estampadas. Porém, as que surgiram na passarela eram multicoloridas. No feminino, peças com a base sequinha, mas com muita sobra e camadas de pano. Os charmosos vestidinhos com as mangas trabalhadas e aplicações de botões deram certo. Já na coleção masculina, teve até transparência para os rapazes. Tudo muito sutil.

Glória Coelho abriu o quarto dia de desfiles da SPFW com uma coleção inspirada no Universo. A apresentação começa em silêncio, com uma modelo envolta numa nebulosa, um microvestido transparente de forma arredondada envolvendo um body de estamparia. Mulheres em terninhos com recortes bicolores, em branco e preto, mesclam a leveza das transparências ao brilho intenso dos cetins. Os sapatos são uma instalação, com polainas patas cobrindo os pés e salto maçaneta. As calças são justinhas. Paetês delicados de estrela ganham a companhia de capas de tule. Laços impecáveis marcam barras, o volume é amplo, a silhueta se arredonda. Mangas trabalhadas em volumes circulares revelam a maestria da costura. Rabiscos de cristal emprestam delicadeza luxuosa a capas de verão.

A coleção apresentada por Fause Haten é intensa, mas a cor é suave, um rosé doce. Segundo o criador, saíram dos brilhos dos diamantes… prata, pérola e rosáceo. Os volumes são imensos, como se ele ficasse sempre uma camada acima do desejável. Na mesma passarela, entretanto, há delicadeza explícita, como os vestidos de pequenos cristais coloridos. A força de suas dançarinas de cancan se traduz em corsets que viram armaduras. Bordados e adereços viram cotoveleiras e joelheiras. As pernas ganham formas de metal, em maxi gladiadoras com joias. Na trilha, Fred Mercury avisa que o show não pode parar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG