Instituto estimula atividades físicas entre cardiopatas no Rio

O Centro de Cardiologia do Exercício, do Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro (Iecac), no Rio de Janeiro, está com um projeto para modificar os hábitos e melhorar a qualidade de vida de seus pacientes. A ideia é oferecer, durante seis meses, atividade física em ambiente hospitalar, com acompanhamento de seis médicos cardiologistas, um professor de educação física, uma nutricionista e quatro fisioterapeutas.

Agência Estado |

Uma avaliação sobre o projeto revelou que o programa está dando certo na reabilitação cardíaca dos doentes da instituição. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, após os seis meses de malhação, 72% perderam peso, 58% diminuíram a circunferência abdominal em três centímetros e 59% reduziram a pressão arterial máxima em 8%.

Para saber a intensidade adequada do exercício para cada pessoa, os pacientes realizam exames prescritos pelos profissionais do Iecac. Além disso, de acordo com a secretaria, duas vezes por semana os grupos têm aulas de alongamento e flexibilidade, resistência muscular e aquecimento, numa rotina que deverá ser cumprida por seis meses, sob pena de exclusão. No fim das atividades, novos exames são realizados e os resultados, calculados.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG