Inspeção veicular em atraso não terá direito a reembolso

SÃO PAULO - A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente de São Paulo atrelou o reembolso do pagamento da taxa de inspeção veicular ambiental ao cumprimento do cronograma do programa em 2009, fixado segundo os finais de placa dos veículos. Pela regulamentação, publicada nesta quinta no Diário Oficial do Município, não receberão de volta a taxa no valor de R$ 52,73, paga antes do agendamento do teste, os proprietários de veículos que forem aprovados, mas não realizarem a vistoria obrigatória dentro do prazo de 90 dias antes da data-limite do licenciamento.

Agência Estado |

A inspeção ambiental dos veículos com placa final 1 começa na próxima segunda-feira, dia 2, data em que a Prefeitura prevê pôr à disposição dos motoristas a página na internet ( www.devolucaoinspecao.prefeitura.sp.gov.br ) pela qual será possível requisitar o reembolso, ainda não ativa. Até esta quinta-feira, apenas cerca de 10% dos 227 mil veículos com placa final 1 haviam agendado o teste obrigatório para a regulação da emissão de poluentes, segundo balanço da Controlar, concessionária responsável pela aplicação do programa em São Paulo.

A portaria, assinada pelo secretário Eduardo Jorge, do Verde, também determina a perda do reembolso para os donos de veículos movidos a diesel que não fizeram a inspeção ambiental referente ao ano passado, que começou em maio de 2008 e vai até março deste ano. Dos 317 mil da frota diesel, somente 42 mil (13%) foram aprovados até o início desta semana. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Veja também:

Leia mais sobre: inspeção veicular

    Leia tudo sobre: inspeção veicular

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG