Inscrições para o ProUni se aproximam de 600 mil

O número de candidatos que pleiteiam este ano uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) está próximo de superar o total de inscritos em 2009. Boletim oficial divulgado às 18h51 horas de hoje pelo Ministério da Educação (MEC) calcula um volume de 570 mil estudantes registrados no programa.

Agência Estado |

A iniciativa do governo federal, que oferece este ano 165 mil bolsas de estudos integrais e parciais para estudantes de baixa renda, totalizou 600 mil inscritos em 2009.

Desde o início da noite de ontem, quando o balanço anterior foi divulgado, cerca de 155 mil postulantes às bolsas se inscreveram. As inscrições para o programa são feitas pela internet, no site do MEC (www.mec.gov.br), e estendem-se até as 23h59 (de Brasília) de amanhã (10).

Desde a criação do projeto, em 2005, o ProUni atendeu 600 mil estudantes. Podem candidatar-se às bolsas os alunos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2009, obtiveram a nota mínima de 400 pontos, cursaram o ensino médio em escola pública e comprovem renda familiar per capita máxima de três salários mínimos (R$ 1.530,00), para bolsas parciais, e um salário mínimo e meio (R$ 765,00), para integrais.

Este ano, 1.399 instituições de ensino aderiram ao programa: 86 mil com bolsas integrais e 79 mil com parciais. A lista de candidatos pré-selecionados para a primeira fase da iniciativa será divulgada no sábado. As inscrições serão feitas entre os dias 17 e 26. A segunda fase do concurso, quando serão oferecidas bolsas remanescentes, terá início no dia 4.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG