Inquérito sobre acidente envolvendo deputado no PR vai ao Tribunal de Justiça

A Secretaria de Segurança Pública do Paraná informou na tarde desta terça-feira que o inquérito sobre o acidente de carro que deixou dois mortos e envolveu o deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho (PSB) foi encaminhado ao Tribunal de Justiça do Estado. A investigação não será mais feita pela Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) porque deputados têm foro privilegiado.

Redação |

Segundo a Agência Estadual de Notícias do Paraná, um desembargador que será designado vai presidir as investigações. Cópias de todo o material envolvendo o caso também serão enviadas ao promotor Rodrigo Chemim, do Ministério Público.

Os laudos sobre o local do acidente já foram requeridos ao Instituto de Criminalística, assim como o exame de necropsia das vítimas. Imagens dos radares da rua onde aconteceu o acidente e de vias próximas também podem auxiliar as investigações. A delegacia inicialmente responsável pelo caso recebeu imagens da câmera de vigilância do posto de combustível que fica na esquina onde aconteceu a colisão.

De acordo com a Agência, duas testemunhas teriam presenciado o acidente. Uma delas estaria trafegando atrás do Honda Fit e a outra mora na esquina onde ocorreu o choque entre os veículos. Também foram ouvidos pela polícia o dono do restaurante e os garçons que serviram, momentos antes da colisão, Luiz Fernando Ribas Carli Filho, que tinha a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por excesso de multas.

Sobre exames para verificar a taxa de álcool no sangue do deputado, o delegado Armando Braga de Moraes Neto, da Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba, disse que os resultados estão sendo aguardados. Quanto a uma suposta velocidade alta sendo marcada no velocímetro do veículo no momento da colisão, os responsáveis pelo caso dizem que, até o momento, não há testemunhas que afirmem isso.

O acidente

O acidente aconteceu na madrugada de quinta-feira no bairro de Mossunguê, em Curitiba. O deputado, de 27 anos, dirigia um passat de cor preta na rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi e colidiu com um Honda Fit prata. Com o impacto da batida, os ocupantes do Honda Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida morreram na hora.

Carli Filho foi transferido de avião na noite de domingo do Hospital Evangélico de Curitiba para o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, para tratar das complexas fraturas de face que sofreu. Ele segue internado em São Paulo.

No Albert Einstein, ele está sob cuidados de uma equipe médica especializada em reconstrução crânio-facial. A família do deputado não autorizou o hospital a divulgar informações sobre o seu estado de saúde.

*Com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: acidente de trânsito - deputado Carli Filho

    Leia tudo sobre: acidentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG