Inquérito da PF na Casa Civil dará maior contribuição à nova CPI, diz Marisa

BRASÍLIA - A presidente da CPI mista dos Cartões Corporativos, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), declarou nesta quinta-feira, na abertura dos trabalhos da comissão, que o inquérito da Polícia Federal sobre o suposto dossiê feito na Casa Civil contra o PSDB dará maior contribuição à nova CPI dos Cartões, só no Senado, do que os depoimentos feitos até agora na CPI mista.

Rodrigo Ledo ¿ Último Segundo/Santafé Idéias |

As pessoas não se deram conta da gravidade do fato. O inquérito é dentro da Casa Civil, o coração do governo, afirmou Marisa Serrano, que reiterou seu desapontamento com a falta de aprofundamento, na CPI mista, de apurações de irregularidades com cartões.

Ela disse, porém, que é possível que surjam novos fatos relevantes com a análise das mais de cem caixas de documentos de prestação de contas que chegaram, nesta quarta-feira, de vários ministérios. É possível avaliar em outros prismas, fazer um cotejamento entre eles [os dados] e pode ser que surjam dados de interesse público, disse.

Leia mais sobre:

Leia mais sobre: CPI dos Cartões

    Leia tudo sobre: cpi dos cartões

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG