Inmet alerta para baixa umidade do ar em seis Estados e no Distrito Federal

Umidade pode ficar abaixo de 30%, nível considerado preocupante pela OMS. São Paulo, Minas Gerais, Tocantins e outros Estados são afetados

Agência Brasil |

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para a baixa umidade relativa do ar nesta segunda-feira em Goiás, Mato Grosso, São Paulo, parte de Minas Gerais, no Tocantins, em Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Nesses estados e no DF, a umidade relativa do ar pode ficar abaixo de 30%, nível considerado preocupante pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Pelos padrões da organização, entre 20% e 30% é considerado estado de atenção, de 12% a 20%, alerta, e inferior a 12% é alerta máximo.

Os moradores do Distrito Federal são alguns dos que mais sentem os incômodos provocados pela baixa umidade do ar nesta época do ano, como garganta seca, ardência nos olhos e problemas respiratórios. Na tarde deste domingo (10), a umidade ficou em aproximadamente 26% no DF, conforme o Inmet.

AE
Camada de poluição é vista no horizonte a partir do bairro da Mooca, em São Paulo, nesta manhã

Como lidar com o tempo seco

Para enfrentar a secura, a administradora Daniele Nicolodi bebe, pelo menos, 2 litros de água por dia e usa soro fisiológico para hidratar a mucosa nasal. “A garganta fica seca e tomo muita água”, disse a gaúcha, que vive há quatro anos em Brasília e aprendeu a lidar com os desconfortos da seca.

Na hora de correr ou caminhar no Parque da Cidade, o bancário Felipe Ítalo alivia a secura “jogando água no rosto” e parando para descansar à sombra. Além de beber bastante água, a Defesa Civil do Distrito Federal recomenda a população a evitar a prática de exercício físico nas horas mais quentes do dia.

    Leia tudo sobre: tempo secoclimabaixa umidade relativa do ar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG