O Aeroporto Antonio Carlos Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, acumulou o maior número de voos com atrasos superiores a 30 minutos no País, até as 11 horas de hoje. De 71 operações, dez partiram fora do horário previsto, o equivalente a 14,1% do total.

Não houve cancelamentos. Em segundo lugar no balanço da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), aparece o Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, onde houve oito atrasos (8,6%) em 93 voos, além de dois cancelamentos (2,2%).

Em Brasília, o Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek teve atrasos em dois dos 62 voos, 3,2% do total, e cinco cancelamentos. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, de 85 operações, quatro atrasaram (4,7%) e 14 acabaram canceladas (16,5%). Em todo o País, ocorreram 40 atrasos (5,2%) e 62 cancelamentos (8,1%) em 762 voos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.