Infraero registra 22,1% de voos atrasados no País

SÃO PAULO - Os principais aeroportos do País registravam, às 20h desta quinta-feira, 22,1% de voos atrasados, segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). O índice representa 386 de um total de 1924 decolagens previstas. Outras 178 partidas, ou 9,3% do total, foram canceladas. No momento, 37 voos estão atrasados.

Redação com Agência Estado |

A empresa aérea Gol é a que registra o maior número de atrasos: 205. A TAM teve 48 partidas com problemas de horário e a Varig, 42.

Mau tempo

O tempo ruim fechou o Aeroporto Tancredo Neves, em Confins, Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, por uma hora na manhã desta sexta-feira.

De acordo com a Infraero, o terminal ficou com as operações de pouso suspensas entre 8 horas e 9 horas, o que acabou afetando também as decolagens.

Com isso, 60,6% dos vôos programados no terminal sofreram atrasos de mais de meia hora. Das 33 operações previstas, 20 atrasaram. Outros quatro voos foram cancelados no terminal (12,1%).

Os principais aeroportos de São Paulo - Congonhas, na zona sul, e Cumbica, em Guarulhos -  estão abertos para pousos e decolagens, mas operavam com o auxílio de instrumentos até às 10h15 por causa da má visibilidade.

Até as 13h, o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, registrava 15 cancelamentos e 16 atrasos de mais de meia hora, dos 113 voos programados para esta manhã. Em Guarulhos, na Grande São Paulo, 22 das 109 partidas previstas tiveram atraso.

Já no terminal do Galeão, no Rio de Janeiro, passageiros de 27 voos tiveram de esperar mais de meia hora além dos horários previstos.

Saiba mais sobre: aeroportos

    Leia tudo sobre: aeroportos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG