Infraero registra 14,5% de voos cancelados no País

SÃO PAULO - Os principais aeroportos do País registravam, às 23h desta quinta-feira, 14,5% de voos cancelados, segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). Este índice representa 282 do total de 1945 decolagens programadas. Outros 215 voos tiveram atrasos de mais de meia hora. No momento, 17 voos estão atrasados.

Redação |

Segundo o boletim da Infraero, das partidas canceladas no País, 69 são da empresa aérea Gol, 36 são da TAM, 22 são da Varig, e outros 26, da OcenAir.

O Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio, ficou fechado para decolagens por cerca de meia hora na tarde de hoje, entre as 15h50 e 16h25, segundo a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), em consequência das fortes chuvas que caem na cidade. De acordo com a Infraero, os pousos não foram afetados.

O aeroporto com mais problemas é o da Pampulha, em Minas Gerais. Ainda de acordo com a Infraero, dos 37 voos programados para decolar hoje, 33 foram cancelados. Em Porto Alegre, das 85 partidas previstas, 18 não decolaram.

No aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, dos 233 voos programados, 5 partiram com atrasos e 12 foram cancelados. No de Congonhas, na capital paulista, foram 6 atrasos e 25 cancelamentos registrados.

No Rio de Janeiro, o terminal do Galeão teve 31 voos fora dos horários previstos. Já o aeroporto Santos Dumont registrou 27 partidas canceladas.

Leia também:

Saiba mais sobre: aeroportos

    Leia tudo sobre: aeroporto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG