A partir de terça-feira, a Rota 2 do Aeroporto Santos Dumont só poderá ser utilizada quando as condições atmosféricas exigirem - ou seja, quando o vento soprar da terra para o mar, o que ocorre em 30% do dia. A decisão foi anunciada depois de reunião entre a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e o Instituto Nacional do Ambiente (Inea), órgão da Secretaria de Estado do Ambiente.

No encontro ficou decidido ainda que a partir de 23 de setembro, o aeroporto permanecerá fechado entre 23 horas e 6 horas. O horário máximo para os voos chegarem foi definido para às 22h30, com tolerância de 30 minutos. Os voos que ultrapassarem este horário vão ser transferidos para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, no subúrbio.
No dia 31, o Inea havia anunciado multa de R$ 25 mil se a rota 2 do aeroporto continuasse sendo utilizada e se o Santos Dumont continuasse funcionando durante a madrugada. A Infraero, no entanto, informou que continuaria descumprindo a determinação do órgão ambiental. As instituições chegaram a um acordo hoje.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.