Infraero debate com Anvisa estratégia contra gripe suína

Técnicos da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) estão reunidos na tarde de hoje com profissionais da Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa) para decidir a estratégia dos dois órgãos em relação ao risco de pandemia da gripe suína, que se originou no México, e aos casos identificados nos Estados Unidos e Canadá. De acordo com a assessoria de imprensa da Infraero, não há previsão de a estatal se pronunciar a respeito do tema, já que o anúncio das decisões poderá ficar completamente a cargo da Anvisa.

Agência Estado |

Também segundo a assessoria da Infraero, algumas medidas em relação ao tema já foram tomadas. Uma delas é o início da divulgação de avisos sonoros com mensagens da Anvisa nos aeroportos internacionais - na realidade, entraram em operação mensagens nos aeroportos do Antonio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, e de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, que registram regularmente o maior número de movimentação de passageiros do País. Os anúncios alertam viajantes com origem nos EUA, Canadá e México a procurarem os postos da Anvisa nos aeroportos caso apresentem os sintomas da gripe suína, como febre alta repentina, tosse e dor de cabeça, entre outros.

Além disso, segundo a Infraero, a estatal disponibilizou sua estrutura para o trabalho da Anvisa e confeccionará folders com alertas sobre os sintomas da doença. A reunião entre os técnicos não tem hora para acabar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG