Infraero atribui falha em esteira a funcionários da Gol

A Infraero divulgou nota nesta tarde na qual nega a informação da companhia aérea Gol de que um defeito na esteira de bagagens no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, teria contribuído para os atrasos nos vôos da empresa na manhã deste domingo. Segundo o órgão vinculado ao Ministério da Defesa, o equipamento não apresentou defeito, mas sim foi paralisado devido a sua má utilização por parte dos funcionários da companhia aérea.

Agência Estado |

"A empresa sabe que existe um peso máximo permitido pelo fabricante das esteiras e, se não utilizadas de maneira correta, pode vir a acontecer uma paralisação momentânea", afirma a nota da Infraero. No texto divulgado pela assessoria de imprensa, a estatal ainda afirma que o fato "não teve relevância nos atrasos provocados pela companhia aérea, até mesmo porque a manutenção nem precisou ser acionada". A Infraero ainda sugere à Gol reforçar o treinamento de seus funcionários.

Pela manhã, a Gol havia informado que uma falha na conexão entre duas operadoras de telecomunicações que prestam serviços à empresa e um defeito nas esteiras de bagagens do terminal da Infraero teriam provocado demora nos vôos previstos para a manhã deste domingo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG