O movimento permanecia tranqüilo na tarde de hoje nos principais aeroportos do País. De acordo com o último boletim divulgado pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), até as 15 horas, 272 dos 1.

096 vôos programados atrasaram mais de meia hora, o que representa 24,8%. Outras 62 operações foram canceladas (5,7%).

O maior percentual de atrasos era verificado no Aeroporto do Galeão, no Rio, onde 38 dos 97 vôos previstos sofreram atrasos (39,2%). Nenhuma operação foi suspensa no terminal. No Aeroporto de Brasília, no Distrito Federal, dos 80 vôos programados, 23 atrasaram (28,8%) e três foram cancelados (3,8%).

O Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, contabilizava atrasos em 32 das 149 operações programadas (21,5%). Cinco vôos foram suspensos (3,4%). Já no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, a Infraero registrou atrasos em 15 das 118 operações previstas (12,7%). Oito operações foram suspensas (6,8%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.