Inflação pelo IPC-S acelera na abertura do ano

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A inflação ao consumidor abriu 2009 em ritmo mais acelerado que no encerramento do ano passado, num movimento considerado sazonal. O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,68 por cento na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,52 por cento no fechamento de dezembro, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quinta-feira.

Reuters |

Segundo a instituição, a alta do IPC-S na abertura do ano é sazonal e "não compromete a trajetória de desaceleração suave do IPC para 5 por cento" em 2009.

O economista da FGV André Braz afirmou que a inflação foi influenciada pela alta sazonal dos alimentos in natura e das mensalidades escolares.

"Esta é uma alta que acontece no começo de cada ano. Esse ano, no entanto, as mensalidades estão subindo acima dos 5 por cento verificados no ano passado", disse à Reuters.

Braz frisou que a alta vai persistir em janeiro, mas tende a perder força em fevereiro. "Este será uma ano de inflação com menos pressão de alimentos e mais impacto de administrados por conta da inflação mais alta em 2008. Será um ano de repasses."

A principal contribuição para o acréscimo da taxa do IPC-S partiu do grupo Educação, leitura e recreação, que teve os preços reajustados em 0,84 por cento no início de janeiro, ante alta de 0,37 por cento no fechamento de dezembro.

Os alimentos também pesaram no bolso dos consumidores. De acordo com os cálculos da FGV, os custos com Alimentação subiram 1,04 por cento, ante 0,60 por cento no final semana de dezembro.

(Reportagem de Renato Andrade e Rodrigo Viga Gaier)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG