Inflação em SP permanece em 0,34% na 2a leitura do mês

SÃO PAULO (Reuters) - A inflação ao consumidor em São Paulo ficou estável em meados de maio, com a manutenção da queda dos preços de alimentos e pequenas oscilações dos demais custos. O Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) subiu 0,34 por cento na segunda quadrissemana de maio, a mesma variação da primeira quadrissemana.

Reuters |

Os preços do grupo Alimentação declinaram 0,47 por cento, a mesma taxa da leitura anterior.

Os de Habitação passaram de queda de 0,02 por cento na primeira quadrissemana para alta de 0,08 por cento na segunda.

Os custos de Transportes fizeram o caminho inverso, caindo 0,04 por cento nesta leitura, ante variação positiva de 0,01 por cento na anterior.

Os preços de Vestuário aceleraram para elevação de 0,53 por cento, enquanto os de Despesas pessoais e de Saúde diminuíram o ritmo de alta, para respectivamente 2,28 e 1,77 por cento.

Veja abaixo a variação de preços dos principais grupos de produtos e serviços:

2a quadri 1a quadri

- Habitação: +0,08% -0,02%

- Alimentação: -0,47% -0,47%

- Transportes: -0,04% +0,01%

- Despesas pessoais: +2,28% +2,47%

- Saúde: +1,77% +1,87%

- Vestuário: +0,53% +0,35%

- Educação: +0,00% +0,05%

O IPC mede a variação dos preços no município de São Paulo de famílias com renda até 20 salários mínimos.

(Por Vanessa Stelzer)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG