Índios ocupam sede da Funai no MS e fazem dois reféns

Um grupo de 50 índios guarani-caiová invadiu hoje a sede da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Dourados, a 220 quilômetros de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Eles fizeram reféns duas funcionárias do órgão, que foram libertadas por agentes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF).

Agência Estado |

Segundo o DOF, um policial militar está participando junto com os índios da manifestação que objetiva "derrubar" do cargo a administradora local da Funai, Margarida Nicoletti.

Enquanto isso, na cidade de Tacuru, na divisa com o Paraguai, terminava a Aty Guassu (grande reunião) de líderes de 38 aldeias e 18 acampamentos indígenas do Estado. Todos eles decidiram "apoio irrestrito à administradora", assinando documento conjunto com objetivo de "resolver a questão das sucessivas invasões da sede da Funai em Dourados" e com algumas reivindicações que serão encaminhadas à presidência da órgão em Brasília.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG