Índios ocupam prédio da Funasa em São Paulo

SÃO PAULO - Um grupo de índios ocupou na tarde desta terça-feira a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em São Paulo. Segundo um funcionário da instituição, eles trancaram as portas do edifício e não deixaram ninguém sair até o final da tarde, quando todos foram liberados, por volta das 16h. O protesto teve ínício cerca das 12h.

Redação com Agência Estado |

O grupo de indígenas exige a demissão do coordenador regional da Funasa, Raze Rezek, que não está no edifício. Segundo a assessoria de comunicação do órgão, neste momento, os índios estão em reunião com os funcionários da Funasa e com Rezek.

Futura Press

Um dos manifestantes contou à Rádio CBN que o objetivo da ocupação era reclamar sobre a falta de saneamento e medicamento nas terras indígenas.

Segundo a Polícia Militar, o índios aceitaram encerrar o protesto após a promessa de que seriam atendidos por representantes da Funasa. Procurada, a entidade informou que vai se pronunciar em comunicado.

Leia mais sobre: Funasa

    Leia tudo sobre: funasa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG