Índios interditam balsa que liga Brasil ao Paraguai

Manifestantes liberaram o local após a confirmação de um acordo que atendia às reivindicações indígenas

AE |

Um grupo de índios da aldeia Tekoá Marangatu, que habita área próxima à divisa do Paraná com o Paraguai, interditou na manhã desta segunda-feira o acesso à balsa que liga o país ao Brasil. Segundo a Polícia Federal (PF), o bloqueio ocorreu por volta das 8 horas, provocando congestionamento nos dois lados do Rio Paraná, tanto na balsa do Porto Sete Quedas, quanto no posto da Polícia Rodoviária Federal, na Ponte Ayrton Senna, que também faz a conexão.

O protesto foi pacífico e motivado pela falta de assistência da Prefeitura Municipal de Guaira, da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e da Fundação Nacional do Índio (Funai), que haviam se comprometido a ajudar os índios e melhorar as condições de vida da população local. Os índios liberaram o local após a confirmação de um acordo que atendia às reivindicações assinado pelo prefeito de Guaira e o Ministério Público Federal.

    Leia tudo sobre: Índios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG