Índios desocupam usina de Dardanelos, no Mato Grosso

Índios chegam a acordo com o governo e com empresa responsável pela usina de Dardanelos e deixam o local

Severino Motta, enviado a Uripuanã |

O grupo de cerca de 200 índios que invadiu a Usina Hidrelétrica de Dardanelos, em Aripuanã – a cerca de 1.000 km a noreoeste de Cuiabá (MT) – começou a desocupar o local nesta terça-feira.

Após uma reunião que durou o dia todo, um acordo entre o governo do Estado, prefeitura, Funai e a companhia responsável pelo empreendimento agradou a comunidade indígena e garantiu benefícios para as tribos Cinta-Larga e Araras, que vivem próximas a usina. Cerca de 50 índios saíram durante o dia e os outros 150  restantes começaram a deixar o local por volta das 20h.

Pelo acordo, o governo do Estado aplicará recursos em um programa para a saúde indígena e também investirá na formação de professores para as aldeias (que ministrarão aulas baseadas na cultura de cada etnia).

A prefeitura de Aripuanã em parceria com o governo fará a manutenção constante das vias de acesso às tribos. Os índios reclamavam que, durante o período das chuvas, ficavam ilhados em suas comunidades.

iG São Paulo
Região de Aripuanã, onde os índios invadiram a usina Dardanelos
O consórcio Águas da Pedra, responsável pela construção da Usina de Dardanelos, ficará responsável pela elaboração de um plano que mitigue os efeitos do empreendimento ao meio ambiente e também terá de tocar um plano de apoio social, com estímulo à produtividade das terras indígenas e auxílio na comercialização de excedentes.

Além disso também ficou acertado que o Iphan fará uma pesquisa no patrimônio ambiental e, caso necessário, irá retirar objetos arqueológicos para a construção de um museu que ficará em posse dos índios.

Ao iG, a assessora técnica de gestão ambiental da Funai, Vivian de Oliveira, disse que nenhum tipo de recurso será repassado diretamente aos índios. “Essa história de dar R$ 10 milhões nunca existiu. Nós não apoiamos esse tipo de coisa”, disse.

    Leia tudo sobre: índiosusinaaripuanã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG