A Polícia Federal (PF) indiciou duas pessoas envolvidas no oferecimento de propina à prefeitura de Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, para a contração da empresa SP Alimentação. Segundo a corporação, que fez o anúncio em uma nota hoje, o suposto representante da SP, Carlos Roberto Medina, de 63 anos, e o ex-presidente estadual do PSC Osvaldo Silva de Oliveira, de 46 anos, foram indiciados por fraude a licitação e corrupção ativa.

Em setembro no ano passado, a RBS TV veiculou uma reportagem em que os dois ofereciam propina a um assessor do gabinete do prefeito de Alvorada. O objetivo seria que a prefeitura aceitasse um edital pronto para a abertura de licitação e contratação da empresa como fornecedora de merenda escolar. Segundo a PF, as investigações sobre o caso ainda não foram concluídas e mais pessoas devem ser ouvidas. Também é aguardado o resultado de uma perícia em documentos referentes ao esquema.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.