BRASÍLIA (Reuters) - A indicação do ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, para o Tribunal de Contas da União (TCU) foi aprovada nesta terça-feira após sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. A indicação foi aprovada por 25 votos a um e agora segue para votação em plenário.

Para o posto de Múcio, à frente da pasta desde novembro de 2007, assume interinamente Alexandre Padilha, chefe da subsecretaria de Assuntos Federativos da Presidência. Médico de 38 anos, Padilha cuida do relacionamento do governo federal com governadores e prefeitos.

Também já ocuparam o ministério Walfrido Mares Guia, Jaques Wagner, Aldo Rebelo e Tarso Genro.

O TCU auxilia o Congresso Nacional no controle da aplicação dos recursos da União. Além de fiscalizar as contas, confere sentenças e apura denúncias sobre irregularidades na execução de contratos com recursos federais.

(Reportagem de Ana Paula Paiva)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.