Incor: poluição em bares de SP cai 73% com lei antifumo

Em seis meses de lei antifumo, o volume de monóxido de carbono (CO) em bares do Estado de São Paulo caiu 73% - de 5,02 partes por milhão para 1,35 ppm. Além disso, o índice de monóxido de carbono no organismo dos funcionários desses bares caiu 48% - de 7,22 ppm para 3,75 ppm.

Agência Estado |

O levantamento foi feito pelo Instituto do Coração (Incor), que analisou 700 estabelecimentos paulistas.

Nos restaurantes, a queda foi de 68% - de 4,01 ppm para 1,29, e nas casas noturnas, de 5,02 ppm para 1,35 ppm. De acordo com o estudo, os funcionários desses estabelecimentos tiveram queda do nível de CO no corpo de 52,6% - de 7,22 para 3,29.

Segundo a cardiologista do Incor Jaqueline Scholz Issa, coordenadora da pesquisa, a redução é muito significativa. "Tem reflexo direto na saúde dos frequentadores, sejam eles clientes ou funcionários", afirmou. "O benefício à saúde deles é enorme."

Desde que a lei entrou em vigor, foram realizadas cerca de 220 mil ações de fiscalização em estabelecimentos e os agentes aplicaram 761 multas. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o índice de cumprimento da lei é de 99%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG