Um incêndio levou à morte três crianças de uma mesma família hoje, no Rio de Janeiro. Os irmãos Marcos Paulo, de 7 anos; João Vitor, de 5 anos, e Priscila Silva Pinto Nascimento, de 14 anos, dormiam na sala da casa onde moravam, na comunidade de Vila Ruth, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, quando o fogo começou, provavelmente devido a um curto-circuito.

As chamas se espalharam rapidamente e as crianças morreram no local. Os pais, que dormiam em um quarto na mesma casa, nada sofreram e conseguiram se salvar.

De acordo com os Bombeiros, o incêndio deve ter começado por volta de 1h deste domingo. Os corpos das crianças foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Nova Iguaçu. A Polícia Civil deve efetuar uma perícia para descobrir o que causou o incêndio. A hipótese mais provável é que a origem tenha sido um curto-circuito em um aparelho elétrico. O caso foi registrado na 64ª Delegacia Policia (Vilar dos Telles).

Outro incêndio

Na zona portuária do Rio, uma explosão na Elevatória Mendes de Morais, utilizada para transporte de água fornecida pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), provocou outro incêndio que deixou uma pessoa em estado grave. O funcionário Marcos Antonio Carneiro Duarte, de 47 anos, tentou apagar as chamas após a explosão, mas acabou ferido. Ele foi levado para o Hospital do Andaraí, na zona norte do Rio, com queimaduras de segundo grau em mais de 50% do corpo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.