Incêndio em empresa de MG destruiu 21 caminhões

O incêndio no pátio do Grupo Martins, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, deixou pelo menos 21 caminhões destruídos. Os veículos estavam estacionados no pátio para serem carregados com mercadorias neste fim de semana.

Agência Estado |

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o fogo começou durante a madrugada em um dos veículos e logo se alastrou para os outros caminhões que estavam com tanques abastecidos de combustível. Havia mais de 90 no pátio. O Grupo Martins é o maior atacadista do País.

Os funcionários da empresa tentaram combater o incêndio, mas não tiveram sucesso. Quando as equipes do Corpo de Bombeiros chegaram, dez veículos já estavam destruídos. "O que dificultou o trabalho foram as explosões que ocorriam a todo tempo por causa dos tanques de combustível cheios", explicou o sargento Isac Ribeiro, um dos que atuaram no combate às chamas.

Mesmo para os bombeiros foi difícil controlar o incêndio. Foram gastos 70 mil litros de água. A chuva que caía na cidade no início do dia colaborou, mas o trabalho só foi encerrado no fim da manhã. Os veículos não danificados foram transferidos para outra garagem. Apesar das proporções do incêndio, não houve feridos. O depósito de mercadorias do Grupo Martins não foi atingido. As causas ainda são desconhecidas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG