Incêndio em cela deixa cinco presos feridos em BH

Cinco presos foram internados na noite de ontem em estado grave após um incêndio atingir a cela 111 do Centro de Remanejamento de Segurança Prisional (Ceresp), na região oeste de Belo Horizonte. De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), as primeiras informações indicam que um dos detentos da cela teria colocado fogo em colchões no final da tarde e as chamas se espalharam.

Agência Estado |

O incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros e agentes penitenciários antes de atingir outras dependências da unidade.

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde permanecem internadas no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Em média, os presos sofreram queimaduras entre 30% e 45% do corpo, principalmente no rosto, membros superiores e tórax. O quadro clínico dos detentos é considerado grave, com risco de morte. Todos aspiraram muita fumaça. As vítimas aguardam julgamento e respondem por crimes como tráfico de drogas, assalto a mão armada e porte ilegal de arma.

A Polícia Civil e o Ministério Público Estadual abriram investigação sobre o caso. A Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) informou que foi instaurado um procedimento interno para apurar as causas e circunstâncias do episódio. Este é o quarto caso envolvendo incêndios que atingiram cadeias e presídios mineiros desde o ano passado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG