Incêndio destrói parte de presídio em Porto Alegre

Principal hipótese levantada pela polícia é de um curto-circuito nas instalações elétricas

AE |

selo

Um incêndio destruiu parcialmente o prédio do Instituto Penal Miguel Dario, em Porto Alegre, na tarde desta segunda-feira. A causa ainda não foi esclarecida, mas a principal hipótese levantada pela polícia é de um curto-circuito nas instalações elétricas. Não havia rebelião e alguns dos presos que estavam no local ajudaram a combater as chamas. Ninguém ficou ferido. 

A Justiça determinou que os 180 albergados que cumprem suas penas no regime aberto permaneçam dez dias em prisão domiciliar, enquanto outros 114, do regime semiaberto foram encaminhados a outros albergues da região metropolitana de Porto Alegre.

    Leia tudo sobre: incêndiopresídio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG