Não há registro de vítimas graves, mas moradores foram levados a hospitais em estado de choque

Um incêndio de grandes proporções atingiu no final da tarde a favela Vila Telma, em Santos, no litoral paulista. Há 16 anos 414 famílias moram em palafitas de madeira construídas sobre o dique da Vila Gilda. O fogo começou às 17h24 e não há registro de vítimas graves.

De acordo com a Prefeitura de Santos, 15 pessoas foram atendidas no pronto-socorro em estado de choque. Equipes do Corpo de Bombeiros de Santos, São Vicente e de brigadas de empresas como Sabesp, Codesp e Petrobras trabalhavam, por volta das 20h, para controlar o fogo que atingiu toda a favela e podia chegar até a favela do Mangue Seco, vizinha ao local.

Até as as 20h30, não havia número de barracos atingidos pelo fogo contabilixado nem os motivos que levaram ao incêndio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.