Incêndio afeta maior reserva de mata atlântica da Bahia

Enquanto as regiões Sul e Sudeste do País sofrem com tempestades, o litoral sul baiano enfrenta a falta de chuva e suas consequências. No município de Prado, 794 quilômetros ao sul de Salvador, um incêndio consome o Parque Nacional do Descobrimento desde a manhã de ontem.

Agência Estado |

O parque de 21 mil hectares é a maior área de preservação de mata atlântica da Bahia e conta com diversas espécies ameaçadas de extinção, como a onça-pintada e a harpia. Uma área calculada em 150 hectares (algo como 170 campos de futebol) já foi destruída, e o fogo se alastra com a ajuda do vento e do solo ressecado, depois de um mês sem chuva forte.

A maior parte do trecho atingido integra uma área de recuperação ambiental, que havia sofrido outro incêndio há oito anos. Ainda não se sabe como o fogo foi iniciado. Uma equipe de 70 pessoas, entre brigadistas, voluntários e oficiais do Corpo de Bombeiros, participa dos esforços para conter as chamas.

Segundo a administração do parque, a esperança é que volte a chover forte na região - o que só está previsto para ocorrer na próxima segunda-feira.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG