InBev lança ações em NY, mas mantém sede na Bélgica

A Anheuser-Busch InBev (AB InBev) começou hoje a ser negociada com o símbolo BUD na Bolsa de Nova York. A maior cervejaria do mundo, porém, não tem planos de mudar sua sede para os Estados Unidos, segundo o executivo-chefe da empresa, o brasileiro Carlos Brito.

Agência Estado |

"Planejamos manter nossa sede na Bélgica", afirmou. As ações da AB InBev continuarão listadas na Euronext Brussels, com o símbolo "ABI". Os ADRs da companhia em Nova York trazem de volta o antigo símbolo da norte-americana Anheuser-Busch, "BUD", que foi comprada pela belgo-brasileira InBev no ano passado.

"Estou satisfeito por estarmos aqui e estamos muito animados por possibilitar que investidores dos EUA apliquem em nossas ações", disse Brito, destacando a ampla base de investidores que a Anheuser-Busch tinha no país. Embora tenha havido certos rumores de que a AB InBev queira ver mais consolidação entre os distribuidores de cerveja dos EUA, Brito afirmou que a companhia não pretende pressionar por uma consolidação como parte de seu plano de corte de US$ 2,25 bilhões em custos para o período entre 2008 e 2010. A cervejaria vem reduzindo a força de trabalho nos EUA e no Reino Unido, diminuindo custos nas áreas de vendas e marketing e usando seu tamanho para obter melhores acordos com os fornecedores.

Brito afirmou que a AB InBev continua pesquisando os melhores meios de transformar a Budweiser em uma marca mais global. Segundo ele, é possível que a marca seja lançada em um "grande mercado" em algum momento do próximo ano. O executivo, no entanto, não identificou qual seria o mercado.

Em seus comentários, Brito também afirmou que a transação que criou a AB InBev superou suas expectativas. "Posso sentir a energia, o compromisso", declarou o executivo sobre as operações que a InBev comprou nos EUA no ano passado. Além disso, o executivo disse não estar preocupado com as fracas vendas da marca Bud Light, a mais vendida da empresa nos EUA, pois a demanda se transferiu para a marca Bud Light Lime. As informações são da Dow Jones.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG