Inaugurada em SP primeira fábrica de genéricos do País

A primeira fábrica de medicamentos genéricos do Brasil, da Fundação para o Remédio Popular (Furp), foi inaugurada hoje em Américo Brasiliense, na região de Ribeirão Preto, no interior paulista. É uma fábrica de vanguarda, com a melhor tecnologia disponível no mundo para produzir massivamente medicamentos genéricos, disse o governador José Serra (PSDB).

Agência Estado |

O Estado investiu até agora cerca de R$ 190 milhões em toda a estrutura da fábrica, mas deverá chegar aos R$ 240 milhões com o restante do projeto, até o final de 2010. No entanto, a unidade deverá produzir comercialmente apenas em 2011.

Serra afirmou que a localização da fábrica é estratégica para a distribuição dos medicamentos. Além disso, a água em abundância é importante para o bom desempenho da unidade. "Vamos nos associar à maior produtora de medicamentos genéricos do mundo, que é israelense, de altíssima qualidade", disse. "É uma fábrica eficiente, muito higiênica, com todas as normas de segurança ambiental."

A fábrica de Américo Brasiliense é a segunda da Furp - a primeira está em Guarulhos, na Grande São Paulo, e produz mais de 1,8 bilhão de unidades farmacêuticas por ano - e, quando estiver em plena atividade, terá capacidade para produzir 21,6 milhões de ampolas e 1,2 bilhão de comprimidos anualmente. A distribuição dos medicamentos é gratuita e atende basicamente o Sistema Único de Saúde (SUS).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG