Império Serrano volta para Grupo de Acesso no Rio

O Império Serrano foi, novamente, rebaixado do Grupo Especial do Rio, desta vez, com 390,7 pontos - 8,3 menos que a campeã do carnaval 2009, Acadêmicos do Salgueiro. A escola de Madureira reeditou o enredo A Lenda das Sereias e os Mistérios do Mar, com o qual fora campeã em 1976.

Agência Estado |

O samba-enredo funcionou e deu ao Império Serrano um unânime 10. A forma de contar a história, porém, falhou. A verde-e-branca teve seu pior desempenho em 'alegorias e adereços', com nota total de 37,9 de 40 pontos possíveis. A Império havia sido rebaixada em 2007 e voltado ao grupo de elite do carnaval carioca em 2008.

A aposta na leveza em detrimento do luxo pode ter prejudicado a agremiação. Antes dos desfiles, a carnavalesca do Império Serrano, Márcia Lage, justificara a escolha: "O Império não precisa de luxo. O imperiano, por si só, faz com que a escola 'aconteça' na avenida."

Durante a apuração, Império Serrano e Mocidade Independente de Padre Miguel se revezaram na lanterna. A Mocidade conseguiu se livrar do rebaixamento ao superar a Império nos quesitos 'enredo', 'conjunto' e 'mestre-sala e porta-bandeira', que era o critério de desempate. As agremiações foram avaliadas por quatro jurados em cada um dos dez quesitos: alegorias e adereços, enredo, fantasias, harmonia, samba-enredo, conjunto, evolução, comissão de frente, bateria e mestre-sala e porta-bandeira. No total, os desfiles passaram pelo crivo de 40 avaliadores.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG