Imóvel com foco de dengue será multado em MG

Com vários casos registrados de dengue, dois municípios do interior de Minas - Arcos, no Oeste do Estado, e Ituiutaba, no Triângulo Mineiro - resolveram multar os proprietários dos imóveis onde forem encontrado focos com o mosquito transmissor da doença. Em Arcos, a prefeitura baixou um decreto de emergência para instituir a multa diante do crescimento de casos suspeitos.

Agência Estado |

"Esse número (de infectados) pode chegar a 1.500 casos", diz a nota assinada pelo secretário municipal de Saúde, Evaldo Rui de Oliveira, que explica a decisão da administração municipal.

Em Ituiutaba, a multa para uma infração leve, de um a dois focos, será de R$ 90. Em casos graves, com cinco ou seis focos, a multa subirá para R$ 270. Com sete ou mais focos de dengue, o proprietário será multado em R$ 360.
Reincidentes serão punidos com um adicional de R$ 250. Em Arcos, a multa terá valor único, de R$ 211,68, e começará a ser cobrada a partir do próximo sábado.

A prefeitura de Arcos baixou um decreto de emergência para instituir a multa diante do crescimento de casos suspeitos. "Esse número (de infectados) pode chegar a 1.500 casos", diz a nota assinada pelo secretário municipal de Saúde, Evaldo Rui de Oliveira, que explica a decisão da administração municipal.

De acordo com informações do Departamento de Epidemiologia de Ituiutaba, o que a prefeitura fez foi colocar em prática uma lei municipal que foi aprovada em 2002 mas que nunca saiu do papel. Diante de números preocupantes, a administração municipal resolveu colocar a medida em prática.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG