IML identifica corpos de quatro crianças vítimas de acidente aéreo na Bahia

TRANCOSO - Os corpos das quatro crianças que estavam a bordo do bimotor King Air B350, que caiu em Trancoso, na Bahia, na noite da última sexta-feira, foram identificados neste domingo.

Redação com Agência Estado |

Segundo informações de Raul Barreto, diretor do Departamento de Polícia Técnica da Bahia (DPT), para identificação das crianças foram utilizadas análises de arcadas dentárias.

As vítimas identificadas nesta manhã são: Gabriel Wright Faro, Vitória Wright Faro, Francisco Alqueres Wright e Nina Pinheiro.

Local do acidente onde avião caiu na Bahia
Local do acidente onde avião caiu na Bahia (foto: Agência Estado)

Além deles, também estavam no avião 10 adultos. São eles: o empresário e dono do avião Roger Wright; sua mulher, Lucila Carvalho Lins; Rodrigo de Mello Faro, Vera Lúcia Mércio, o piloto Jorge Lang Filho e o copiloto Nelson Caminha Affonseca.

Também estava a bordo outro filho de Roger Wright, Felipe Luchsinger Wright, com sua mulher, Heloísa Alqueres Vaz Wright, e Rosângela Pereira Barbosa, babá de Francisco. Helôisa Alqueres era filha do presidente da Light, José Luiz Alqueres.

O DPT informa que todas as fichas odontológicas e ortopédicas, que serão necessárias para ajudar na identificação, já foram entregues pro familiares das vítimas.

Os trabalhos estão bastante adiantados, todo nosso pessoal de medicina e odontologia legal, antropologia e análise de DNA estão trabalhando de forma empenhada e com os recursos necessários para realização dos exames de identificação. Os trabalhos invadiram a madrugada e continuam durante o dia, afirma Barreto, por meio de nota.

Os corpos estão no momento Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR), em Salvador, onde cerca de 35 peritos trabalham no processo de identificação.

Caso não seja possível a identificação dos demais corpos por meio da arcada dentária, serão realizados exames de DNA. Os familiares já tiveram material genético coletado.

Depois de identificados, os corpos seguirão para São Paulo para sepultamento.

Caixa-preta

As causas do acidente estão sendo apuradas pela Força Aérea Brasileira (FAB), que já recolheu destroços da fuselagem e a caixa preta da aeronave.

Segundo informações do Centro de Comunicação da Aeronáutica (Ceconsaer), a caixa-preta do bimotor foi levada para o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), no Recife, no fim da manhã deste domingo. A partir de amanhã, os peritos do Seripa vão deliberar se será possível a leitura da caixa-preta ou se ela deverá ser enviada ao exterior para ser analisada.

As gravações feitas pelo equipamento, que foi encontrado praticamente intacto podem ajudar a determinar o que provocou a queda da aeronave, segundo o Ceconsaer. Já os motores da aeronave serão analisados em São José dos Campos, em São Paulo, como parte da investigação.

O inquérito policial do caso é presidido pela delegada Kátia Brasil, diretora do Departamento de Polícia do Interior.

A Polícia Civil da Bahia fica responsável pelo laudo descritivo que aponta onde, como e em que estado os corpos foram encontrados.

Segundo a Agência Nacional de Aviação (Anac), o avião havia sido inspecionado e os documentos estavam em situação regular.

O acidente

A aeronave decolou em Congonhas (SP) às 18h30 e caiu por volta das 21h, ao tentar pousar na pista particular do hotel Terravista Club Med, que tem 1.500 metros e é dedicada exclusivamente ao atendimento de aeronaves executivas.

Testemunhas disseram que o avião, de prefixo PR-MOZ, voava baixo e teria explodido antes de se chocar contra uma árvore e cair nas proximidades da cabeceira da pista de pouso. A área é de mata fechada e difícil acesso.

Antes do pouso, a tripulação da aeronave fez contato com o Controle Aéreo de Porto Seguro e com a rádio do aeroporto, informando ter condições visuais para pousar no aeródromo. Segundo a assessoria do empreendimento, até a colisão, os controladores de voo do aeroporto não notaram qualquer problema enquanto monitoravam a aterrissagem.

No entanto, chovia forte na região no momento do acidente, mas ainda não se sabe se o mau tempo influiu na queda.

Assista ao vídeo sobre o acidente:

Leia mais sobre: acidentes aéreos


    Leia tudo sobre: acidente aéreo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG