IML do Rio recebe mais 7 corpos de Ilha Grande

Mais sete corpos de vítimas de desabamentos de casas e da pousada Sankay, na Enseada do Bananal, em Ilha Grande, no Estado do Rio, chegaram esta tarde ao Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro. São dois homens, três mulheres e duas crianças.

Agência Estado |

Suas idades não foram reveladas. Com a chegada das novas vítimas, o IML já recebeu 18 corpos, sendo que nove já foram reconhecidos.

Entre eles está a estudante universitária Yumi Faraci, de 18 anos, filha do dono da pousada, Geraldo Faraci, que sobreviveu à tragédia. De acordo com Antonio Faraci, tio de Yumi que a reconheceu, os pais da jovem já viajaram o corpo para Belo Horizonte (MG), onde reside sua família, para ser cremado.

Segundo Antonio, desde que a pousada foi inaugurada, em 1994, nada indicava que a área oferecesse qualquer risco. "Meu irmão jamais sentiu qualquer possibilidade de um acidente desse tipo. Foi uma tragédia da natureza", comentou. Ainda de acordo com o tio, Yumi, os pais e outras sete pessoas estavam na casa da família, ao lado da pousada, no momento do deslizamento. Havia uma área de lazer comum entre as construções.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG