IML do Rio deve liberar corpos das vítimas de deslizamento em Angra em até 24 horas

O Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro deve liberar em 24 horas os corpos das vítimas que já chegaram ao local. A informação é de Frank Perlini, perito-legista do IML.

Valmir Moratelli, iG Rio de Janeiro |

Segundo ele, alguns familiares estariam reclamando da demora na liberação. Ele explica que a demora ocorre por questões burocráticas. O cartório que fecharia ao meio-dia continua aberto excepcionalmente. O serviço da perícia estaria sendo rápido pois os corpos chegaram intactos.

A maioria dos corpos, segundo ele, foi identificada por meio de recolhimento de digitais. Nos casos em que as digitais estavam comprometidas foi necessário fazer exame de arcada dentária. Ainda não foi preciso realizar exame de DNA. 

É claro que, para os parentes das vítimas, qualquer trabalho vai ser sempre demorado porque estamos lidando com a dor de várias perdas. Mas em qualquer país desenvolvido do mundo o trabalho da perícia é assim mesmo. Estamos trabalhando com a agilidade normal para a situação, explicou Perlini.

    Leia tudo sobre: angra dos reischuvasilha grandeimlreveillontragédia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG