Iluminação pública lidera queixas na Prefeitura de SP

Das 17 mil reclamações recebidas pela Ouvidoria Geral da Prefeitura de São Paulo no ano passado, mais de 4 mil (23,2%) foram queixas sobre problemas de iluminação pública, indicou hoje relatório anual do órgão. Esse é o terceiro ano consecutivo em que o item é recorde de reclamações à Prefeitura.

Agência Estado |

De acordo com a Ouvidoria, a maior parte das queixas refere-se a pedidos de manutenção e verificação de problemas da rede de iluminação. Os cidadãos paulistanos também reclamaram da qualidade no atendimento público , sistema de saúde , manutenção das áreas verdes e buracos em ruas e avenidas. As secretarias que receberam o maior número de críticas dos paulistanos foram a de Saúde (1.392), Gestão (429), Finanças (158) e Participação e Parceria (122).

Ainda que a iluminação esteja à frente nas queixas, o setor apresentou queda no número de reclamações de 7.408 em 2007 para 4.023 em 2008. O único item que subiu posições no ranking foi o de qualidade do atendimento, que abrange todas as áreas da Prefeitura. De 1.086 queixas em 2007, o número quase triplicou, atingindo a marca de 2.918 reclamações no ano passado.

A Ouvidoria também divulgou os setores da Prefeitura que mais responderam às reclamações. A Secretaria de Educação foi exemplo no atendimento aos paulistanos, com 94% de respostas às reclamações. Em seguida, vieram a Secretaria de Finanças, com 92%, a Secretaria de Gestão, com 90%, e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), com 85%.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG