Ilegais no Brasil, sites de apostas esportivas estão de olho no mercado nacional

BRASÍLIA - Quartas-de-final da Copa do Brasil, terça-feira, Corinthians e São Caetano se enfrentam em Ribeirão Preto. Se estivessem com confiança e dinheiro no bolso, torcedores dos dois times poderiam sentar à frente do computador e apostar no resultado do jogo em sites de apostas esportivas, hospedados onde o jogo é legal, fora do país.

Congresso em Foco |

No caso de vitória, além da alegria por seu time, o torcedor levaria um prêmio para casa, pagaria pelo menos a cerveja da comemoração, e poderia até ganhar um dinheiro extra, dependendo do valor apostado.

Mas, apesar de ainda não haver uma legislação específica sobre jogos online no Brasil e o governo resistir em reabrir mais de 1.500 casas de bingos espalhadas pelo País ( leia mais ), o torcedor-apostador poderia nesse caso ser enquadrado na Lei das Contravenções Penais.

É que apostas em corridas de cavalo fora de hipódromos ou em lugares não autorizados e "qualquer outra competição esportiva" são enquadradas como contravenção, segundo o decreto-lei, de 1941, que proibiu o jogo de azar no País.

Leia tudo no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: congresso em foco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG