Igreja Universal terá de indenizar ex-fiel, confirma STJ

O ministro Luís Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), manteve uma sentença que condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a restituir doação de R$ 2 mil, corrigida, feita por um frequentador arrependido, o motorista Luciano Rodrigo Spadacio, de General Salgado, na região de São José do Rio Preto, em São Paulo. Salomão recusou um recurso da igreja.

Agência Estado |

Spadacio havia interposto recurso ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), após ter o requerimento de devolução rejeitado em primeira instância.

O TJ-SP, então, sentenciou a Igreja Universal a devolver os recursos, julgamento contra o qual a entidade recorreu ao STJ. O ministro do STJ, na decisão, destacou que o TJ esclareceu "todas as questões pertinentes" e que a Corte superior não deve reexaminar os argumentos novamente.

De acordo com o processo, o ex-fiel, ao visitar a Igreja, foi "induzido" a fazer parte do "rebanho", mas, para isso, teria primeiro de "abandonar o egoísmo e desfazer-se de todos os seus bens patrimoniais". Como prêmio, o pastor, segundo a ação, fez a promessa de que a vida dele ficaria melhor na profissão e no terreno sentimental.

Assim, Spadacio vendeu um carro Del Rey, única propriedade que tinha, por R$ 2,6 mil, e passou às mãos do pastor dois cheques. Dias depois, arrependido, sustou uma das ordens de pagamento, de 600 reais, mas a primeira, de R$ 2 mil, já tinha sido compensada pela Igreja. A Igreja Universal, por meio da assessoria, informou que ainda há um recurso pendente no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a sentença do TJ-SP e que aguarda a apreciação pela Corte.

Edir Macedo

A Universal do Reino de Deus é uma igreja cristã protestante de tendência neopentecostal fundada em 9 de julho de 1977 pelo então pastor Edir Macedo, hoje empresário. Macedo começou os primeiros encontros num coreto do Jardim do Meier, no Rio. Com 31 anos, a Iurd tem, aproximadamente, 8 milhões de seguidores somente no Brasil, conforme a instituição. A igreja informa que tem 9,6 mil sacerdotes e emprega 22 mil funcionários em mais de 4,7 mil templos em 172 países.

Leia mais sobre: Igreja Universal

    Leia tudo sobre: igreja universal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG