Idosos subnutridos têm 500% mais chance de morrer

Pesquisa da USP aponta subnutrição como grave fator de risco para a saúde dos velhinhos

Agência Estado |

Um levantamento realizado pela nutricionista Luciana Silva Ferreira, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), aponta que os idosos subnutridos têm 500% mais chances de morrer do que aqueles que não apresentam sintomas de falta de alimentação, segundo a agência de notícias da USP.

"Independentemente de outros fatores de risco, como renda insuficiente, fratura de quadril, depressão, tabagismo, força muscular reduzida, diabetes, doenças cardiovasculares e pulmonares, a subnutrição foi o fator mais fortemente associado ao óbito", disse Luciana.

De acordo com a nutricionista, a subnutrição se destaca entre as doenças crônicas não transmissíveis por atuar como causa e consequência de outras doenças.

    Leia tudo sobre: Idososubnutrição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG