Um carpinteiro de 61 anos é acusado de pedofilia. Ele teria abusado sexualmente de duas irmãs gêmeas de 11 anos, que são suas vizinhas na favela do Caranguejo, no Guarujá, na Baixada Santista.

Uma das meninas pode estar grávida de quatro meses. Valdomiro Umbelino de Souza foi preso na noite de segunda-feira, após investigações da Delegacia de Defesa da Mulher do Guarujá e do mandado de prisão temporária expedido pela Justiça.

O carpinteiro havia sido acusado pelo pai das vítimas horas antes, que compareceu à delegacia com uma das gêmeas para fazer a denúncia. Ao constatar que a menstruação da menina estava atrasada há quatro meses, a família a questionou a respeito e a jovem contou que ela e a irmã vinham sendo abusadas pelo vizinho há dois anos, e em troca, recebiam dinheiro.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a menina se mostrou muito retraída durante o depoimento. Ela afirmou que a última relação que teve com o vizinho foi em agosto, que o homem dizia que era operado e que eles não utilizavam preservativos. Souza foi recolhido a Cadeia Pública anexa ao 1º Distrito Policial do Guarujá, onde permanecerá à disposição da Justiça.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.