Nove das 16 vitimas foram identificadas através da Perícia Papiloscópica, por impressões digitais

selo

Todos os corpos do voo 4896 da NoAr Linhas Aéreas, que caiu na região metropolitana de Recife na última quarta-feira foram identificados e liberados pela Polícia Científica de Pernambuco ontem, segundo informações da Secretaria de Defesa Social do Estado. Das 16 vítimas, apenas uma só foi possível a identificação através de exame de DNA. Todas as vítimas tiveram como causa morte, apontada pelos médicos, politraumatismo, devido ao impacto na queda da aeronave.

Segundo a Secretaria, nove vitimas foram identificadas através da Perícia Papiloscópica (Impressões Digitais), realizadas pelo Instituto de Identificação Tavares Buril - IITB, e seis através da Odonto Legal (arcada dentária) no Instituto de Medicina Legal - IML.

O bimotor L410 fazia a linha Recife/Mossoró, com escala em Natal e caiu às 6h55 da última quarta-feira, quatro minutos depois de decolar do Aeroporto Internacional dos Guararapes. Eram 6h51 quando o piloto informou à Torre de Controle que estava em situação de emergência e tentou fazer pouso forçado, caindo em um terreno baldio próximo ao Hospital da Aeronáutica e localizado a 4 km do aeroporto e a 100 metros da praia de Boa Viagem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.