Identificado suspeito de estuprar e matar menina no Rio

RIO DE JANEIRO - A polícia do Rio anunciou nesta terça-feira que foi identificado o suspeito de estuprar e assassinar uma criança de 5 anos em Curicica, no bairro de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. Três crianças apontaram um office boy de 20 anos como a pessoa que socorreu V., de 5 anos, após ela cair de skate e disse que levaria a menina para casa.

Agência Estado |

"As testemunhas foram coerentes e concisas nos depoimentos, apesar das idades de 13, 10 e 11 anos", disse a delegada titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav), Maria Aparecida Mallet. Ela pediu à Justiça a prisão temporária por 30 dias do acusado.

Agentes da Dcav passaram a terça-feira em Curicica ouvindo as crianças e participantes de uma festa de aniversário, que acontecia na comunidade na noite do desaparecimento da menina.

"Durante a festa, as crianças brincavam do lado de fora. Segundo as testemunhas, V. caiu do skate e foi socorrida por este rapaz, que seria um dos convidados. Ele acariciou o joelho, beijou a menina e ofereceu bala. Em seguida, o rapaz disse que a levaria para casa e saiu da festa pelo matagal", revelou a delegada. Em depoimento à polícia, o suspeito negou a autoria do crime.

Outro caso

Em Queimados, na Baixada Fluminense, a 55ª Delegacia de Polícia de Queimados também pediu à Justiça a prisão preventiva do padrasto de A, de 3 anos. No domingo, ele levou a enteada morta a um posto de saúde com lesões nos órgãos genitais, além de marcas de esganadura. O homem disse ao médico que a menina se sentiu mal. Várias testemunhas compareceram hoje à 55ª Delegacia de Polícia (DP) e acusaram o padrasto. Temendo represálias, o suspeito fugiu de casa.

    Leia tudo sobre: estupro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG