Icesp aplica acupuntura para tratar pacientes com câncer

O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) está utilizando técnicas de acupuntura como suporte no controle dos sintomas da doença e efeitos colaterais das medicações utilizadas para o tratamento de pacientes com câncer. O objetivo é que a terapia ofereça suporte ambulatorial ao tratamento convencional de tumores, a fim de contribuir para as melhorias significativas na qualidade de vida do paciente com câncer, segundo o instituto.

Agência Estado |

A terapia complementar é indicada para controle de afecções como dor, náusea, neuropatia (doença nervosa), xerostomia (secura excessiva da boca), fadiga, ansiedade, depressão, insônia, ondas de calor, fadiga pós-quimioterapia, diarreia e constipação, sintomas bastante comuns após as seções de quimioterapia.

De acordo com o Icesp, para ter acesso à terapia, os pacientes precisam ser encaminhados pelo médico e passar por uma triagem para avaliação. Caso a acupuntura seja indicada naquele quadro específico, eles vão receber um plano de tratamento de acordo com os sintomas que os incomodam.

O novo ambulatório está em funcionamento desde o início deste mês e, inicialmente, funcionará três vezes por semana durante cinco horas, com capacidade para realizar 250 atendimentos mensalmente.

Solange Spigliatti

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG