Ibope: Beto Richa lidera disputa em Curitiba, com 72%

A diferença entre os dois primeiros colocados na disputa pela prefeitura de Curitiba diminuiu um pouco, mas o candidato à reeleição Beto Richa, da coligação Curitiba O Trabalho Continua (PSDB-PDT-PPS-PSB-DEM-PSL-PTN-PP-PR-PRP-PSDC), mantém uma grande folga e estaria eleito já no primeiro turno, de acordo com pesquisa do Ibope, encomendada e divulgada hoje pela Rede Paranaense de Comunicação. Em relação à pesquisa anterior, divulgada no dia 10, Richa baixou de 73% das intenções de votos para 72%.

Agência Estado |

Sua concorrente da coligação "Curitiba Para Todos" (PT-PHS-PSC-PTC-PRB-PMN), Gleisi Hoffmann, subiu de 13% para 16% das preferências.

A terceira colocação é dividida entre os candidatos do PMDB, Carlos Moreira, e da coligação "Uma Só Curitiba" (PTB-PRTB), Fábio Camargo, com 1% das intenções. Eles repetiram os porcentuais que tinham na sondagem anterior. Os candidatos Bruno Meirinho, da coligação "Frente de Esquerdas Curitiba" (PSOL-PCB-PSTU), Maurício Furtado (PV) e Lauro Rodrigues (PT do B) tiveram menos de 1% de citações, enquanto Ricardo Gomyde (PC do B) não foi citado por nenhum dos 602 entrevistados entre segunda e quarta-feira.

Os votos brancos e nulos somaram 4%, mesmo porcentual dos que não quiseram ou não souberam responder. A pesquisa tem margem de 4 pontos porcentuais. Ela foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número 2015/2008.

Segundo turno

Em caso de um segundo turno entre os dois melhores colocados, o Ibope apurou que Richa venceria Gleisi por 72% a 18%. Em termos de rejeição, Richa também tem melhor desempenho perante o eleitorado, com índice de 7%. Sua principal adversária é rejeitada por 22% dos entrevistados.

Camargo tem o maior índice de rejeição, com 26%, seguido por Meirinho, com 25%, Moreira, com 21%, Rodrigues, com 18%, Furtado, com 16%, e Gomyde, com 13%.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG