IBGE: sobe 48% nº de mulheres que fazem mamografia

Em 2008, 31,6 milhões de mulheres com 25 anos ou mais de idade haviam se submetido, ao menos uma vez, ao exame de mamografia. Entre as mulheres no grupo dos 50 aos 69 anos, 71,1% fizeram o exame.

Agência Estado |

Entre 2003 e 2008, houve aumento de 48,8% no contingente de mulheres que já haviam se submetido a uma mamografia. Em 2003, elas respondiam por 42,5% da população feminina de 25 anos ou mais e, em 2008, alcançaram 54,8%. Entre as mulheres com rendimento domiciliar per capita inferior a um quarto do salário mínimo, as proporções foram de 20,2%, em 2003, para 29,1%, em 2008.

Os dados são do suplemento de Saúde, divulgado hoje, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) referente ao ano de 2008, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em convênio com o Ministério da Saúde.

Entre as mulheres que viviam em domicílios com rendimento mensal domiciliar per capita superior a cinco salários mínimos, 81,1% haviam se submetido a exame de mamografia e, nos domicílios onde o rendimento era inferior a um quarto do salário mínimo, apenas 28,8% tomaram a iniciativa. Entre as mulheres de 50 a 69 anos, os porcentuais são diferentes: na classe de rendimento menor, 45,9% fizeram o exame, enquanto que, na mais elevada, foram 95,6%.

A pesquisa mostra também que, de 2003 a 2008, cresceu 25% o total de mulheres que já haviam feito preventivo para câncer no colo do útero. Enquanto a população feminina de 25 anos ou mais cresceu 15,6% no período, o conjunto das mulheres no mesmo grupo etário que fizeram preventivo para câncer no colo do útero cresceu 25%. Em 2008, cerca de 49 milhões de mulheres de 25 anos ou mais de idade já haviam se submetido a exame preventivo para câncer no colo do útero, de acordo com a pesquisa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG