IBGE: Acolhimento de crianças e idosos é baixo

Dados compõe a Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic)

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

A Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic), divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que apenas um quarto dos municípios do Brasil (24,5%) possui a oferta de acolhimento para crianças e adolescentes dentro das políticas de assistência social. Para idosos, o acolhimento é realizado por somente 20,6% das cidades.

São ainda menores os percentuais de municípios que afirmaram ter acolhimento para a população de rua (5,2%), e os serviços de acolhimento de mulheres (2,7%). Segundo a política de assistência social, esses serviços enquadram-se no grupo de proteção especial com alta complexidade.

As políticas de proteção especial atendem pessoas que já se encontram em situações que caracterizam violações de direitos, como violência e maus tratos físicos ou psíquicos. São serviços que requerem acompanhamento individual e que, muitas vezes, mantêm estreita ligação com outros órgãos, tais como poder judiciário, ministério público e conselhos tutelares.

    Leia tudo sobre: IBGEpesquisaperfil dos municípiosidososcrianças

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG