Ibama proíbe pesca no Paraíba do Sul no Rio

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) proibiu qualquer tipo de pesca, até 31 de maio, na Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, de Resende, no interior do Rio, até o ponto onde o curso de água termina, em São João da Barra, litoral norte do Estado. De acordo com o Ibama, o impedimento é resultado de dano ao ambiente que aconteceu em novembro, quando houve o lançamento, em afluente do rio, de endosulfan, um organoclorado de grande toxicidade usado para produzir pesticidas e inseticidas.

Agência Estado |

O produto provocou a morte de centenas de toneladas de peixes de Resende até a foz, na época de desova - a piracema -, tempo de reprodução dessas espécies. O intuito dessa proibição é impedir a pesca e o consumo de peixes que sofreram contaminação e permitir a recuperação da quantidade de espécies no rio. Na fase de proibição, deverão ser efetuadas ações de monitoração da situação ambiental do rio. O período de proibição pode ser modificado se houver necessidade.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG