Por Bob Tourtellotte LOS ANGELES (Reuters) - Hollywood estendeu o tapete vermelho do Oscar neste domingo e espera reverter a queda de audiência dos últimos anos com o carisma e o talento musical do apresentador, o ator Hugh Jackman.

Como "Quem quer ser um milionário?" é o grande favorito ao prêmio de Melhor Filme, o suspense passou para a apresentação. Os espectadores estão curiosos para ver como Jackman e os produtores Bill Condon e Laurence Mark (do musical "Dreamgirls") vão conseguir apresentar de maneira interessante as principais estrelas e filmes.

Condon e Mark "são artistas que sabem como fazer um pacote de entretenimento e Hugh Jackman sabe como vendê-lo", disse Tom O'Neil, colunista do site theenvelope.com.

No tapete vermelho do teatro Kodak, em Hollywood, prometem chamar atenção os astros Angelina Jolie, Brad Pitt, Sean Penn, Meryl Streep e vários outros.

Nos últimos anos, os apresentadores da cerimônia foram comediantes. Mas a audiência nos Estados Unidos atingiu um nível baixo recorde de 32 milhões em 2008, contra 40 milhões em 2007. Espera-se que isso melhore com Condon, Mark e Jackman, que ganharam um prêmio Tony pela peça "The Boy from Oz", além de um Emmy pela apresentação do Tony mundial.

O trio não falou muito sobre seus planos para a cerimônia, mas o jornal Los Angeles Times disse que eles contrataram o diretor australiano Baz Luhrmann (de "Moulin Rouge") para apresentar um número e o roteirista e diretor cômico Judd Apatow ("Ligeiramente grávidos") para bolar as piadas.

Jackman fará pelo menos uma introdução musical na cerimônia de mais de três horas de duração.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.